25.5.06

Arrependimento + Confissão = Saúde Devocional!!

Salmo 38
parte C (13-22)
Se você leu as duas reflexões anteriores, sabe que o tema do Salmo 38 é arrependimento. Aprendeu também que o fiel arrependido confessa seus pecados ao Senhor. O texto nos apresenta algumas dicas de como tornar a confissão parte integrante da nossa vida devocional. Lembre-se que esse cântico, reconhecido como "memorial", teve um objetivo didático: ensinar ao povo de Deus a abandonar seus erros e pecados, estimular a pratica da confissão e reafirmar o amor de Deus ao seu povo em qualquer circunstância.
Davi nos ensina a agir da seguinte maneira:
Ficar em silêncio (vers. 13-14)
Consciente dos seus erros, o salmista se impõe um período de "retiro espiritual". Não vai dar ouvidos aos comentários alheios (vers. 13a), não vai debater sua situação com ninguém e tão pouco se defender das acusações levantadas contra ele. Ficará em absoluto silêncio!!
A sociedade ocidental não gosta do silêncio. Prefere o tumulto e a agitação. Nesse ambiente, as pessoas não ponderam suas atitudes, pouco refletem sobre sua vidas e, infelizmente, permitem que outros decidam em seu lugar. A Bíblia recomenda que reservemos momentos diários para o silêncio e a oração. Em silêncio lêmos a bíblia e recebemos a revelação de Deus. Na quietude encontramos as respostas que Ele quer dar para todos os nossos problemas.
Esperar a resposta do Senhor (vers. 15-17)
Davi sabe que sua situação não é fácil. Doente e sem amigos, toma a decisão mais acertada: aguardar a resposta de Deus. Não foi uma decisão imediata. Deve ter levado algum tempo. Talvez tenha tentado resolver as coisas "ao seu modo" e, literalmente, "deu com os burros n'água"!! Triste, não acha??
Mas, espere um pouco...se estivéssemos em seu lugar, tomaríamos atitude diferente? O que você faz quando se sente culpado por alguma coisa errada em sua vida?
Confessar a nossa culpa (vers. 18)
Não "tapar o sol com a peneira". A confissão dos nossos pecados ao Senhor vai nos ajudar de muitas maneiras.
A confissão me mostra que:
Não sou tão bonzinho quanto imagino...
Não sou tão perfeito quanto gostaria...
Não posso subestimar o poder do inimigo das nossas almas...
A confissão me estímula a:
Me aproximar confiantemente de Deus...
Aprimorar minha compreensão da Sua Graça...
Permitir que seu amor me envolva inteiramente...
Deixar que Ele controle a minha vida...
Percebeu a importância de confessar os erros ao Senhor? É melhor enfrentar o juízo de Deus em nossa vida - pois Ele nos ama - do que permitir que pessoas falíveis façam um julgamento errado sobre nossa conduta. O que você prefere? Eu prefiro conhecer o juízo de Deus, encarar os meus erros, confessar os meus pecados e garantir a chance de ter uma vida devocional saudável na presença do Senhor.
Que ELE continue abençando a sua semana!!

Um comentário:

Luciano Hérbet disse...

Nílton,
Excelentes comentários a respeito dos salmos. Vc escreve de maneira simples, mas com bastante propriedade de quem também tem sido abençoado por eles. Por isso se tornam fáceis de entender e de se praticar. Deus continue abençoando a ti e sua família. Abraços: Luciano.